Uso de Drogas Psicoativas pode desencadear Transtornos Mentais

O uso de substâncias que modificam o estado psicológico tem ocorrido em todas as culturas desde a Antiguidade. Em sociedades modernas, o uso descontrolado destas substâncias tornou-se um dos principais problemas de saúde pública e em alguns casos pode desencadear doenças mentais crônicas nos usuários.

Dra Fabiana Nery, psiquiatra da Holiste, falou sobre o uso destas substâncias psicoativas e suas consequências em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, após jovem relatar que ficou perdido em uma mata durante 6 dias por conta do uso de ecstasy e LCD em uma festa. O rapaz alega que o efeito das drogas causou alucinações e distorções da realidade.

Segundo ela, o uso indiscriminado de substâncias psicoativas pode acarretar em consequências mais severas. “O uso de drogas alucinógenas e psicoativas pode vir a desencadear doenças crônicas graves como esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar e até depressão”.

Questionada sobre o efeito destas substâncias, a psiquiatra explica: “O ecstasy é uma droga mais estimulante. Podemos ter associações relacionadas a aumento da velocidade, da ativação e uma percepção aumentada de prazer. Já o LSD tem um potencial alucinógeno maior, como por exemplo ouvir e ver coisas que não existem”.

Mais comum do que muitos imaginam, o efeito da droga pode durar muitos dias mesmo após o primeiro uso. Alterações do pensamento e da sensopercepção são os principais sintomas. “Já na experimentação, os efeitos destas substâncias no indivíduo podem permanecer durante dias”, explica a doutora.

 

TRATAMENTO DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA

O Tratamento de Dependência Química foi tema do quinto vídeo da série Desmistificando a Saúde Mental. O psiquiatra Luiz Guimarães e os psicólogos Pablo Sauce e Ueliton Pereira abordam o assunto de maneira clara e direta.

Dentre os pontos abordados, os especialistas falaram sobre as características da dependência química e o seu tratamento, além de destacar a importância da família no engajamento e responsabilização do paciente em todo o processo.

Assista o vídeo TRATAMENTO DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Comments are closed.