Outubro Rosa

O mês de outubro é marcado pelo Outubro Rosa, um movimento internacional com o objetivo de chamar a atenção da sociedade em relação à prevenção do câncer de mama ressaltando a importância da realização do diagnóstico precoce.

Pacientes com câncer de mama podem apresentar sintomas depressivos em mais de 60% dos casos, e depressão maior em frequência superior a 40%. A detecção e o tratamento da depressão, nesta população, são de fundamental importância, pois sintomas depressivos podem interferir de maneira significativa no tratamento da condição clínica do câncer.

O câncer de mama envolve questões como a sexualidade, autoestima e a possível perda da mama. Todos esses fatores podem contribuir para um quadro depressivo na mulher.

Saiba mais sobre a relação entre o diagnóstico de câncer e os transtornos mentais.

Outubro Rosa

20 de outubro de 2016

Câncer de Mama e Saúde Mental

Outubro é o mês mundial de combate ao câncer de mama. O que poucas pessoas sabem é que 70% das […]
30 de outubro de 2015

Sintomas depressivos podem piorar o prognóstico do câncer de mama | Entrevista Metrópole Saúde

Em entrevista ao programa Metrópole Saúde, da rádio Metrópole FM, Dra. Fabiana Nery, psiquiatra da Holiste, fala como a depressão […]
6 de outubro de 2015

Como a depressão pode influenciar no tratamento do câncer de mama

Apesar dos avanços da medicina no tratamento do câncer e do aumento da veiculação de informações, o diagnóstico desta doença […]
10 de outubro de 2014

A depressão e o câncer de mama

A depressão é o transtorno psiquiátrico mais comum em pacientes com câncer, com prevalências variando de 22% a 29%. Um […]
9 de outubro de 2013

Câncer de mama avançado: uma questão social

Pesquisa aponta que 80% das brasileiras com câncer de mama avançado se queixam de falta de informações sobre a doença […]