Blog / Centro de Estudos Holiste

Psiquiatria para além da medicina

Centro de Estudos Holiste 25/08/2016

Luiz Fernando Pedroso, psiquiatra e diretor clínico da Holiste, realizou a palestra de abertura do primeiro evento do Ciclo de Palestras Holiste com o tema “Psiquiatria para além da medicina”.

O psiquiatra criticou a ideia crescente de uma “mentalidade proibitiva”, muitas vezes baseada em uma visão errônea da ciência,  que vem interferindo de alguma forma na prática médica.

 

A MENTALIDADE PROIBITIVA

A proibição do sal em restaurantes em São Paulo, a rastreabilidade de medicações, as regras excessivas para abrir faculdades de medicina são alguns dos fatos citados por Luiz Fernando Pedroso para exemplificar a “mentalidade proibitiva” que vem crescendo no Brasil, traduzida em políticas voltadas para regulação que reduzem o espaço para escolhas individuais.

“Modernamente, o álibi para a proibição, não é mais a religião ou o racismo, e sim a ciência.  A ciência acaba sendo manipulada para adoção de políticas, como se fossem politicas técnicas e não ideológicas.  Essas políticas proibicionistas pegam conclusões muito controversas de estudos científicos e consideram uma suposta ciência como uma verdade absoluta – o que não é exatamente cientifico.

Usada assim, a ciência deixa de ser um instrumento gerador de conhecimento para ser um instrumento de controle social.  É preciso separar o que é uma ideia cientifica do que é uma ideia política ”, destaca o psiquiatra.

 

PROIBIÇÃO DA MACONHA

Outro ponto utilizado pelo especialista para exemplificar a “mentalidade proibitiva” foi o manifesto assinado pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) e outras entidades que representam a classe médica, contra a liberação da maconha.  O psiquiatra deixa claro que não está fazendo um ato contra ABP ou discutindo o uso da maconha, mas sim demonstrando seu ponto de vista:

“Quem combate droga é polícia, não é psiquiatra, não é profissional de saúde mental.  O profissional de saúde mental trabalha com o indivíduo, com a mente humana, com o transtorno de impulso, com a dependência que faz ele ser viciado no jogo patológico ou ser um obeso mórbido, um dependente químico ou o que quer que seja. ”

 

LIBERDADE COMO VALOR

“Nós, que trabalhamos com saúde, que realizamos procedimentos invasivos, que internamos pacientes, às vezes de forma involuntária… para a gente a questão da liberdade como um valor é muito importante. 

E a discussão disto é muito importante. Para nós, é importante a afirmação do nosso compromisso com o pensamento científico – já que nossa prática é baseada em evidências científicas – mas não só isso: nós queremos incorporar valores éticos e morais em nossa prática, e a liberdade é para nós o maior valor”, finaliza Dr. Luiz Fernando Pedroso.

Leia também: “A liberdade refém da burocracia”

CICLO DE PALESTRAS HOLISTE

O Ciclo de Palestras Holiste tem o objetivo de proporcionar uma discussão mais ampla e abrangente sobre os atuais desafios da psiquiatria e da saúde mental junto ao grande público.

O primeiro evento do ciclo aconteceu no dia 27 de julho e trouxe o filósofo Luiz Felipe Pondé para falar sobre o tema “Desafios da Mudança”.

O segundo evento traz como convidadas as psiquiatras Carmita Abdo e Fabiana Nery, que irão apresentar os temas “Sexualidade” e “ Sofrer por amor: Qual o limite?”.

O segundo evento do Ciclo de Palestras acontecerá no dia 21 de setembro, às 19h no Hotel São Salvador.  O evento é gratuito, com vagas limitadas.   As inscrições podem ser feitas no site palestras.holiste.com.br

increva se ciclo de palestras

 

SLIDES | PSIQUIATRIA PARA ALÉM DA MEDICINA

Inscreva-se para receber conteúdo sobre Psiquiatria e Saúde Mental

Cadastrar