Blog / Jornada de Saúde Mental

Terapia ocupacional: um suporte às atividades cotidianas

Jornada de Saúde Mental 31/12/2018

O tratamento em saúde mental vai além da psiquiatria e psicologia, ele reúne especialidades diversas, que cumprem diferentes papéis na melhora do paciente. Nesse contexto, a atuação do terapeuta ocupacional foi o tema desenvolvido por Itatiara Xavier, terapeuta ocupacional da Holiste, na palestra “A melhora no dia a dia”, ministrada durante a Jornada de Saúde Mental.

Itatiara fez um paralelo entre os processos naturais e automáticos que ocorrem a todo momento no corpo humano e na natureza, destacando que, muitas vezes, a importância e complexidade deles só é percebida quando existe alguma anomalia.

“Até a respiração, só percebemos sua importância quando temos alguma anormalidade que cause dificuldade – como uma gripe. No momento em que temos um braço quebrado e precisamos tomar banho, vemos a nossa limitação. Podemos dizer que o terapeuta ocupacional é o profissional que se dedica a entender e propor intervenções para contribuir no processo de superação das limitações do paciente”, explicou.

Assista ao vídeo completo

Pensando possibilidades

O trabalho do terapeuta ocupacional tem como objetivo promover o máximo de autonomia ao paciente, dentro de suas possibilidades, contribuindo para sua independência na realização das atividades diárias. Isso é feito através de um conjunto de ações pensadas para facilitar, desenvolver e retomar essas habilidades, diminuindo e corrigindo os danos causado pelas patologias.

“Existem muitas possibilidades para realizar essa intervenção, e o trabalho do terapeuta é pensar essas possibilidades, aplicando-as da melhor forma. É o uso da atividade e da ocupação como forma de tratamento”, completou Itatiara Xavier.

 

Reabilitação na saúde mental

A terapia ocupacional propõe um cuidado centrado no indivíduo (não na doença), na atenção psicossocial e no cuidado compartilhado não apenas entre os diversos profissionais que fazem parte do tratamento, mas com a família, a sociedade e os outros elementos que fazem parte de sua vida.

“O foco das intervenções é a potência das pessoas. O que está limitando seu desempenho ocupacional pode ser readaptado e redirecionado. É preciso avaliar todos os papéis ocupacionais desta pessoa, e dentro dessa conjuntura construir um projeto. Nós mapeamos a rotina, as atividades que compõem o dia a dia e selecionando pontos a serem priorizados para a intervenção”, salientou a terapeuta ocupacional.

SAIBA MAIS SOBRE A TERAPIA OCUPACIONAL NA HOLISTE

 

Jornada de Saúde Mental

Com o tema “Abordagens Terapêuticas no tratamento dos Transtornos Mentais”, a Jornada de Saúde Mental, promovida pela Holiste, ocorreu em outubro, em Salvador, e abordou questões relacionadas ao trabalho multidisciplinar no tratamento em Saúde Mental.

O evento contou com a intensa participação de profissionais e estudantes da área que, durante dois dias, debateram sobre psicologia, psicanalise, psicopedagogia, terapia ocupacional, nutrição e acompanhante terapêutico no tratamento dos transtornos mentais.

Comentários

Inscreva-se para receber conteúdo sobre Psiquiatria e Saúde Mental

Cadastrar