Agende sua Consulta

ALIMENTAÇÃO | MELHOR COMER ANTES OU DEPOIS DE BEBER?

ALIMENTAÇÃO

Em entrevista ao site GQ, Barbara Freire, nutricionista e especialista em Saúde Mental da Holiste, analisa o consumo de álcool dos participantes do BBB 21.

Após espectadores relatarem suas preocupações com a quantidade de álcool ingerida pelos participantes do reality, durante as festas produzidas pelo programa, o site QG, da Globo, foi perguntar aos especialistas: afinal, é melhor comer antes ou depois de beber?

É importante frisar que, além do abuso de álcool durante as festas, os participantes aproveitam para comer o máximo de tudo que é disponibilizado durante esses eventos, pois na rotina da casa eles têm que comer a comida que eles próprios cozinham, além de se virarem com a temida “xepa”.

Segundo Bárbara Freire, comer de estômago vazio potencializa os efeitos do álcool no corpo: “Consumir bebidas alcoólicas sem se alimentar antes pode intensificar aqueles sintomas da famosa ressaca. Consumir alimentos ricos em proteína retarda o esvaziamento do estômago, o que ajuda a reduzir a absorção do álcool.”.

Consumir alimentos ricos em gordura monoinsaturada, como abacate, azeite de oliva e oleaginosos também ajuda, porque a gordura também demora de ser digerida. Outra possibilidade são os alimentos ricos em fibra, como aveia, chia ou as práticas barrinhas de cereais, afirma a especialista.

NEM TODO ALIMENTO É BEM VINDO

Mas, nem tudo são flores. Se é verdade que se alimentar antes de beber pode ajudar a retardar os efeitos do álcool, alguns alimentos devem ser evitados. Bárbara alerta que alimentos muito salgados, como torresmo, salgadinhos, linguiça, podem estimular a desidratação, o que também potencializa os efeitos do álcool no corpo.

Os chamados carboidratos simples, de rápida absorção pelo organismo, acabam sendo consumidos de forma exagerada, causando oscilação na glicemia. Assim, as chamadas “fast food”, como sorvete, batata frita, milkshakes, sanduíches e tortas devem ser evitados antes e durante a ingestão de álcool.

Para as pessoas que têm refluxo, também é importante evitar os alimentos ácidos como chocolate e cafeína. “A pandemia potencializou quadros de transtornos mentais nas pessoas, em especial as depressões e as crises de ansiedade. Isso desencadeou uma série de comportamentos inadequados, entre eles o excesso na ingestão de alimentos e bebidas alcoólicas. O ideal é buscar um equilíbrio e não abusar de ambos.” – finaliza a nutricionista.

 

Matéria publicada originalmente em: https://gq.globo.com/Corpo/Saude/noticia/2021/03/comer-antes-ou-depois-de-beber.html